Seja bem-vindo ao Kate Middleton Brasil, sua maior fonte em português sobre a Duquesa de Cambridge. Casada com o Príncipe William, 2º na linha de sucessão ao trono britânico, Kate é uma das mulheres mais acompanhadas e admiradas no mundo. Aqui você irá encontrar as últimas notícias, um acervo com +45.000 fotos, além de documentários e mais.
07 fev 2019

É fácil ver por que Kate Middleton sempre foi querida pelos tradicionalistas da realeza: nos últimos 15 anos, ela aperfeiçoou a prática de ser vista e não ouvida.

Claro, de vez em quando, temos um vislumbre de sua personalidade – o infame revirar de olhos para um funcionário exagerado de uma loja de departamentos que gritou com ela para embrulhar mais rápido os pacotes em Nova York em 2014, que se tornou viral em forma de gif, no hospital infantil em 2013 ou qualquer um dos vários momentos entre ela e o Príncipe William que foram capturados de surpresa ao longo dos anos – mas quando se trata de seus deveres oficiais, ela raramente fala publicamente. Seu trabalho como a Duquesa de Cambridge da Grã-Bretanha é ser uma embaixadora, o que requer que ela apareça nos eventos certos, aperte as mãos, fale com pessoas bem-intencionadas e tenha imagem perfeita enquanto faz isso. Em teoria, é uma coisa fácil, especialmente com acesso a uma riqueza inimaginável, uma equipe de especialistas que a orienta e um parceiro que conhece as regras melhor do que ninguém.

Na prática, pode ser mais difícil ter esse equilíbrio, especialmente em uma carreira que exige que você seja uma oradora adepta enquanto mantém suas opiniões políticas consigo mesma, e em uma indústria que nunca vai te perdoar por dar um passo errado. Ao longo dos anos, o modelo de trabalho de Kate tem sido caracterizado como a esposa solidária, ela é frequentemente vista sorrindo enquanto vê seu marido, o Príncipe William, falar sobre qualquer um dos muitos problemas que eles prezam em seus corações, mas há poucas ocasiões em que ela ficou atrás do microfone.

De fato, ela fez menos de 10 discursos públicos desde o seu casamento em 2011, o que faz com que seu novo desejo de se expressar seja ainda mais notável. Nos últimos dois meses, ouvimos mais dela do que em uma década.

Há duas razões para essa súbita mudança de tática: uma, é a chegada de sua cunhada Meghan Markle, uma oradora talentosa que fez discursos nas Nações Unidas antes de se casar com o príncipe Harry no ano passado; o outro é o fato de que as coisas estão mudando rapidamente por trás dos portões do palácio.

O segundo semestre de 2018 foi focado no desentendimento entre Kate e Meghan, que rendeu muitas manchetes maldosas, mas a verdadeira história é que as estruturas estão mudando para a eventual ascensão de Charles ao trono. A Rainha Elizabeth tem 92 anos e, embora ainda esteja com boa saúde, ela tem dado muitas de suas responsabilidades para a realeza mais jovem e mais enérgica. Tudo isso significa que a preferência de Kate por sentar e observar está se tornando uma prática ameaçada e, em breve, ela estará fazendo tantos discursos quanto William, que raramente faz uma aparição sem fazer algum tipo de discurso

A realeza britânica também se posicionou taticamente como uma necessidade em um Reino Unido pós-Brexit, vista como um símbolo de continuidade. Especialmente quando Charles, cuja relação com o público e a imprensa tem sido agitada na melhor das hipóteses, está prestes a assumir o trono. Eles não poderiam ter sonhado com essa oportunidade de resistência nem se tentassem. O ‘Fab Four’ foi mandado para visitas e ”meet-and-greets” com aliados da UE – Meghan e Harry voaram para Dublin, enquanto Kate e William visitaram a Noruega e a Suécia no ano passado e também se reuniram com a realeza espanhola e holandesa.

A timidez de Kate tem sido bem vista ao longo dos anos, em parte, é por isso que ela provou ser tão boa sua transição da menina ‘normal’ da classe média alta para a dama de companhia. É também este traço de personalidade que acredita ter sido a fonte do choque com Meghan, uma ex-californiana que gosta da confiança de ser uma estrela da televisão. Mas sua relutância em procurar muita atenção lhe permitiu não apenas observar os especialistas no assunto, mas também agradar aos observadores reais – você não pode incomodar as pessoas se mal fala, pode?

A ex-editora da revista Vogue, Alexandra Shulman, que descreveu a princesa para a edição do centenário da revista em 2016, descreveu-a como sendo tão realista quanto a imagem que projeta.

“A Duquesa chegou, de jeans e uma parca, com o cabelo preso grandes rolos, com um sorriso brilhante e inclusivo”, recordou. “Embora a Duquesa de Cambridge seja uma das mulheres mais fotografadas do mundo, ela não é alguém que se sente totalmente confortável com as câmeras, nem sendo o centro das atenções, e durante todo o dia todo ela manteve a guarda baixa “.

Nos últimos meses, no entanto, ouvimos mais de Kate do que temos ouvido em 15 anos, de um em um evento cuidadosamente selecionado, com crianças, famílias ou saúde mental, três de suas causas mais apaixonadas. Suas observações são geralmente genéricas, mas apropriadamente atraentes para o público-alvo, que é realmente tudo o que importa.

 

Fonte: independet.ie

Publicado por: Amanda Gramazio