Seja bem-vindo ao Kate Middleton Brasil, sua maior fonte em português sobre a Duquesa de Cambridge. Casada com o Príncipe William, 2º na linha de sucessão ao trono britânico, Kate é uma das mulheres mais acompanhadas e admiradas no mundo. Aqui você irá encontrar as últimas notícias, um acervo com +45.000 fotos, além de documentários e mais.
10 nov 2018

O Duque e a Duquesa de Cambridge participaram do Preserve Conservation Awards  na Banqueting House, Londres hoje à noite.

Por quase trinta anos, Tusk tem apoiado uma intervenção de conservação com visão de futuro e bem-sucedida na África. Das planícies do Serengeti às florestas tropicais da Bacia do Congo, eles estão trabalhando em prol de um futuro em que as pessoas e a vida selvagem possam prosperar em todo o continente africano. O Príncipe William tornou-se o Patrono Real de Tusk em dezembro de 2005. William disse anteriormente que se sente “muito protetor da vida selvagem, e é por isso que me emociono com isso. Você quer defender o que é vulnerável e precisa proteger. Elefantes, rinocerontes e muitos outros animais que são perseguidos não têm voz “.

A África ocupa um lugar muito especial nos corações de William e Harry, e agora também das esposas deles. Logo depois que Diana morreu, Charles levou os príncipes para o continente em uma viagem que provocaria uma afinidade duradoura. Ambos voltaram inúmeras vezes desde então, tanto em particular como oficialmente. Foi durante um feriado com amigos no Quênia em 2010 que William propôs a Kate.

Caça furtiva, perda de habitat e conflitos entre humanos e animais selvagens estão tendo um impacto devastador na vida selvagem da África. A Tusk Trust acredita que as pessoas e organizações locais estão mais bem posicionadas para lidar com essas ameaças, mas muitas vezes têm poucos recursos e não têm o reconhecimento que merecem. Ao estabelecer parcerias com conservacionistas líderes e emergentes em toda a África, a Tusk garante o financiamento de doadores para investir nas melhores iniciativas de conservação de base – ajudando a aumentar seu perfil e maximizar seu impacto. Através de parcerias, um progresso significativo na batalha incrivelmente difícil está acontecendo, proporcionando maior proteção para mais de 10 milhões de acres de terra e mais de 40 diferentes espécies ameaçadas, enquanto beneficia mais de 1.000.000 de pessoas.

O prêmio anual Tusk Conservation Awards celebra as conquistas de pessoas extraordinárias, cujo trabalho protegendo o patrimônio natural da África poderia passar despercebido fora de seus campos. Falando sobre a importância do evento, William disse: “Esses prêmios, que significam muito para mim pessoalmente, desempenham um papel importante em nossa missão de preservar a preciosa vida selvagem da África para seu povo. É vital que reconheçamos a dedicação desses eventos.” heróis desconhecidos e a bravura dos guardas arriscando suas vidas, dia e noite, na linha de frente da conservação. Todos nós lhes devemos uma enorme dívida de gratidão ”.

É a segunda aparição de Kate no evento. A Duquesa se juntou a William para o Prêmio inaugural Tusk em 2013, usando um vestido Jenny Packham brilhante. Isso marcou sua segunda aparição oficial após o nascimento do príncipe George sete semanas antes.

Antes da cerimônia começar, William e Kate participaram de uma recepção para conhecer os indicados ao prêmio, apoiadores e patrocinadores da Tusk.

Um vídeo de chegada com filmagens de William e Kate conversando com os convidados.

O Príncipe William apresentou três prêmios. O Prêmio Tusk para Conservação é dado a um líder emergente em conservação em reconhecimento de sua contribuição até o momento. O Prêmio Tusk Wildlife Ranger reconhece a dedicação e bravura dos guardas florestais que trabalham para proteger a vida selvagem cada vez mais ameaçada da África. O Prémio Príncipe William para a Conservação em África é um prêmio pelo conjunto da obra que merece dedicação e contribuição excepcionais para a conservação.

Durante um discurso, William disse: “O relógio está correndo para um ponto crítico quando o impacto do que estamos fazendo se tornará perigosamente irreversível. Quer estejamos vivendo em um ambiente urbano ou rural, a natureza é importante para todos nós. Temos uma responsabilidade e uma obrigação para a próxima geração de reduzir drasticamente a medida em que saqueamos os recursos naturais do planeta.Estou convencido de que temos o poder de reverter essa tendência.Como disse o falecido Paul Allen, um grande filantropo da conservação: Enquanto trabalharmos juntos – com urgência e determinação – não há limite para o que podemos alcançar

Kate usava seu lindo vestido azul Jenny Packham (que ela estreou em 2012 para a festa de gala olímpica ‘Our Greatest Team Rises’), sua bolsa azul também Jenny Packham, sandálias metalizadas por  Jimmy Choo e brincos de diamantes da Rainha.

Veja fotos:

Publicado por: yasmin
31 out 2018

A Duquesa de Cambridge fez uma visita emocionante ao Imperial War Museum de Londres nesta quarta-feira para prestar homenagem aos que morreram durante a 1ª Guerra Mundial, inlcuindo sua própria família. Durante a visita, ela viu cartas relacionadas aos três irmãos de sua bisavó que morreram durante a Primeira Guerra Mundial.

As cartas de sua família, que fazem parte do arquivo de documentos do museu, forneceram uma explicação perspicaz do tempo gasto pelos soldados nas trincheiras.

A Duquesa viu vários documentos, incluindo uma carta de condolências à sua família do Palácio de Buckingham.

A carta do Palácio para o tataravô da Duquesa

O tataravô de Kate, Francis Martineau Lupton, teve cinco filhos, dos quais três, Francis, Maurice e Lionel, foram mortos em combate. A irmã deles, Olive, que era enfermeira no Destacamento de Auxílio Voluntário, é a bisavó de Kate.

O capitão Maurice Lupton serviu no 7º Batalhão do West Yorkshire e também passou algum tempo nas trincheiras. Ele foi o primeiro dos irmãos a ser morto durante a guerra em 1915.

O Major Francis Lupton, que era o mais velho, serviu no 8º Batalhão do West Yorkshire e foi morto por uma bomba em 19 de fevereiro de 1917.

O tenente Lionel Lupton, o mais novo dos três, havia sido morto em ação um ano antes, depois de servir na 28ª Brigada Real de Artilharia de Campo.

Catherine também visitou as Galerias da Primeira Guerra Mundial e se encontrou com historiadores, curadores e um companheiro descendente de um soldado da Guerra.

A visita não-anunciada ao museu é o segundo compromisso oficial de Kate esta semana depois que ter participado do do programa Coach Core Essex em Basildon com o Príncipe William ontem.

Kate usava um vestido azul royal de mangas compridas Jenny Peckham com saltos nudes, além de um relógio prata.

Veja fotos:

Publicado por: carolina
30 out 2018

O Duque e a Duquesa de Cambridge visitaram o Coach Core Essex hoje para conhecer novos aprendizes, ouvir de graduados e aprender como o esquema em Essex está engajando uma comunidade local diversificada com o esporte.

Estabelecido pela Royal Foundation em 2012, o Coach Core visa aproveitar o poder do esporte e sua capacidade de mudar vidas e capacitar jovens. Impulsionado pelo desejo de aproveitar o legado dos Jogos Olímpicos, o Coach Core foi criado pelos jovens da realeza para inspirar jovens que não estão na educação ou no emprego por meio do esporte, e criar a próxima geração de treinadores esportivos que seguirão em frente. inspirar suas comunidades para muitas gerações futuras.

O Coach Core Essex funciona há quase três anos, mostrando crescimento e construindo fortes parcerias com organizações locais ano após ano. William e Kate conheceram aprendizes trabalhando com duas dessas organizações parceiras: Sport for Confidence e South Essex Gymnastics Club, que estiveram envolvidas com o Coach Core Essex desde o início e, posteriormente, empregaram múltiplos aprendizes.

O Duque e a Duquesa conheceram alguns dos mais de 30 graduados do programa, antes de se juntarem às suas sessões de treinamento.

Mais da BBC:

“A mãe de três filhos esteve no Basildon Sporting Village com o marido, o Duque de Cambridge, para destacar a capacidade do esporte de mudar vidas. Ela abraçou os jovens fãs, junto com Janet Emery, 58, que abraçou tanto Catherine quanto o príncipe. William. “Muito obrigada”, disse Catherine. “Os abraços são muito importantes. Eu continuo dizendo isso para meus filhos “.

O casal também participou de um jogo de Boccia, que é um dos esportes fornecidos pela Sport for Confidence, uma empresa social que oferece oportunidades esportivas para indivíduos que enfrentam barreiras à participação.

Catherine optou por usar um jaqueta xadrez por Smythe, blusa preta de gola por  & Other Stories, botas Russell & Bromley, brincos de diamantes Kiki McDonough e seu relógio Cartier.

Veja fotos do evento:

Publicado por: yasmin
29 out 2018

Depois de seis meses fora dos holofotes, a Duquesa de Cambridge fez um retorno convincente, e está se inclinando para o poder simbólico que ela terá por décadas.

Meghan Markle e o Príncipe Harry estão esperando seu primeiro filho e acumulando uma vasta coleção de animais empalhados na Austrália. A Princesa Eugenie casou-se com Jack Brooksbankem uma gloriosa cerimonia que superou qualquer expectativa de moda . . . enquanto Camilla perdeu o casamento para se misturar com um cervo duarante um evento . Tudo isso é bom e alegre, mas, para alguns devotos reais de longa data, sempre permanece uma questão existencial subjacente: o que tudo isso significa para Kate Middleton ?

Depois de uma licença maternidade de aproximadamente seis meses  – sua mais longa até agora – após o nascimento do Príncipe Louis em abril, a Duquesa de Cambridge voltou a trabalhar (sim, ela faz o trabalho) no início deste mês com uma nova ordem real tomando forma jovem. Mesmo se você categoricamente rejeitar os tablóides sexistas que colocam Kate e Meghan uma contra a outra e em vez disso imaginá-los fofocando e planejando dominar o mundo por trás das portas fechadas do Palácio , a chegada de Meghan na família real significa mudanças para os Windsor e para Kate. Com quatro figuras únicas e muito famosas – KateWilliam, Meghan e Harry – agora no grupo, qual será o papel específico de Kate?

É um grande ponto de virada“, disse Susan E. Kelley, proprietária, editora e obsessiva de Middletoniana por trás do What Kate Wore . “Eu acho que é aqui que Kate consegue deixar sua marca.

Desde o início da cena no início de outubro, Kate aparentemente demonstrou uma nova sensação de confiança. Aqui, ela estava rindo com crianças mal-educadas em um ” jardim da vida selvagem ” e ” corajosamente pegando o pincel ” para contribuir para uma pintura em andamento na inaugural Conferência Global de Saúde Mental Ministerial, em Londres, com o príncipe William. No casamento de Eugenie, Kate descansou a mão sobre a coxa do marido no Castelo de Windsor – dificilmente escandaloso, mas um sinal raro de PDA do casal. O retorno de licença pós-maternidade de Kate atingiu outra nota alta em sua primeira aparição solo como patrona real do Centro de Fotografia no Victoria & Albert Museum, onde ela surgiu, brilhante e glamourosa, em um dos vestidos mais fashion de sua carreira: um Erdem de tweed com um decote assimétrico da coleção Spring 2018.

E então, como se para colocar todas as dúvidas de lado, ela chegou ao Palácio de Buckingham na terça-feira à noite para um jantar de estado em um vestido azul Alexander McQueen no estilo Cinderela e bastante regalia para fechar para sempre a famosa frase de Coco Chanel sobre tirar um acessório antes de você saia da casa. Kate usava a tradicional “Lover’s Knot tiara” (que foi muito usada pela Princesa Diana), enquanto também usava o colar de pérolas e diamantes da Rainha Alexandra (ou parure), e o broche da Ordem da Família Real (feito com vidro em vez de marfim, de acordo com o compromisso do marido com a conservação dos elefantes).

Depois desse longo intervalo, ela certamente voltou como um estrondo“, disse Kaitlin Menza, co-apresentador do podcast Royally Obsessed . “Eu acho que é isso que ela está tentando transmitir: ‘voltei, baby‘”.

Foi tudo tão agradavelmente surpreendente para uma Duquesa que tende a favorecer vestidos femininos e seu fiel sapatos LK Bennett, e que é conhecido por ser do lado tímido e sensato.

Alguns anos atrás, você ainda poderia ter visto ela como um pouco tímida“, disse Kelley. “Agora, parece que ela está em uma posição mais responsável. Estou começando a ver a pessoa que será a Rainha emergindo ”.

Depois de sete anos de casamento, três filhos, várias viagens reais e incontáveis ​​passeios, Kate agora é uma real sênior dentro da Firma, não mais a “plebéia” que se casou com a família, mas a futura Rainha Consorte e mãe do futuro Rei. . O papel da Princesa em treinamento foi passado para Meghan – que, como ex-atriz e humanitária de longa data, já está perfeitamente confortável aos olhos do público , mas está apenas começando com sua própria família real e trabalhando com suas causas escolhidas. incluindo a educação de meninas. Kate evoluiu para o nível dois, onde ela é mais livre para perseguir suas próprias paixões – incluindo questões de saúde mental, crianças carentes e arte – de uma maneira mais direcionada.

Ela encontrou seu papel como membro da família real criando seus próprios filhos e percebendo o que é importante para ela“, disse o comentarista real da ABC News, Omid Scobie, que cobriu Kate e o Príncipe William e está atualmente cobrindo a turnê do Príncipe Harry. “Uma das coisas com as quais vamos nos concentrar realmente nos próximos meses é trabalhar para ajudar a apoiar crianças desfavorecidas no Reino Unido. . . Kate tem esse plano para realmente trabalhar com várias organizações, incluindo a Fundação Real.

E embora esteja longe de ser uma dona de casa, a prioridade de Kate nos próximos anos será de seus filhos – o Príncipe George, a Princesa Charlotte e o pequeno Príncipe Louis. “Ela é uma mãe, em primeiro lugar. Seus filhos vão ser sua prioridade enquanto são jovens, e ela vai lidar com seus compromissos de trabalho em torno das crianças ”, disse a correspondente real da Vanity Fair , Katie Nicholl. A Duquesa de Cambridge foi rotulada como tímida no passado. Mas, na verdade, ela assumiu apenas alguns patrocínios, coisas em que ela realmente fez a diferença. A intervenção precoce com crianças pequenas em escolas primárias, colocando a saúde mental no mapa com Heads Together, foi ideia dela. Ela tem sido muito instrumental “.

Nicholl também rejeita a especulação dos tablóides sobre uma rivalidade entre Kate e Meghan, e acredita que Kate está “muito grata” a Meghan por aliviá-la de alguns dos escrutínios implacáveis ​​e holofotes que ela se esforçou muito para evitar.

Pessoas que costumam dizer ‘Bem, ela está com ciúmes de Meghan?’ Ela não é mesmo. Kate é mais feliz em sua vida agora do que nunca. Ela tem tudo o que ela quer. Ela tem William, ela tem três lindos filhos. . . ela é onde sempre quis estar ”, disse Nicholl. “O fato de haver uma nova cunhada glamourosa a reboque não vai incomodá-la nem um pouco. Eu acho que Meghan veio na hora certa para ela, porque era uma época em que Kate queria sair do foco.

E enquanto os repórteres reais dizem que as duas mulheres – uma britânica esportiva e uma ex-atriz norte-americana criada na Califórnia – têm pouco em comum, isso provavelmente vai mudar agora que Meghan está grávida de seu primeiro filho. “Este bebê sem dúvida trará Kate e Meghan ainda mais perto“, disse Scobie. “Com os dois criando crianças no recinto do Kensington Palace, as crianças sem dúvida ficarão muito próximas, como vimos com William, HarryBeatrice e Eugenie quando estavam crescendo. Eu definitivamente posso ver as duas duquesas reunindo as crianças para brincadeiras.” Nicholl acrescenta:“Se eles são espertos, os dois vão se certificar de que esta é uma relação que funciona. Eles poderiam e deveriam ser grandes aliados.

Há também um grande potencial de poder em suas diferenças. Meghan é, simplesmente, a princesa mais descolada e mais ousada, uma real que se identifica orgulhosamente como uma feminista em sua biografia oficial e checou o nome #MeToo durante a muito elogiada aparição dos “Quarteto Fantástico” no fórum da Royal Foundation em fevereiro. Em comparação, Kate pode parecer séria e conservadora, desde suas escolhas de roupas até sua restrição em discursos públicos – duas forças que se combinaram em fevereiro, quando ela e William participaram do BAFTA Awards no auge dos protestos do #MeToo tapete vermelho. A maioria das mulheres no tapete usava preto; Kate usava verde escuro, embora com uma faixa preta que parecia um aceno de cabeça.

Eu acho que foi extremamente decepcionante – para mim, e muitas outras mulheres ao redor do mundo – quando Kate não usou preto nos BAFTAs em fevereiro para mostrar solidariedade com o movimento #MeToo, como tantos outros fizeram”, disse Menza. .

Não é difícil imaginar que Meghan tenha lidado com essa noite de maneira diferente. Mas, em virtude de suas posições na família real, Kate e Meghan sempre serão diferentes, e é injusto para ambas esperarem o contrário. Kate é casada com o futuro Rei, e é a mãe de outro futuro Rei, enquanto Meghan é casada com o sexto na linha de reposição. Harry e Meghanpodem ter muito mais liberdade“, disse Kelley – como ir para Amsterdam para a abertura de uma nova Soho House – “fazer coisas que provavelmente não seriam apropriadas para a futura Rainha fazer“.

E, no entanto, Kate exerce um poder silencioso, em parte precisamente porque ela é apolítica em uma era Brexit profundamente divisora. “Em um período de considerável instabilidade, ela é uma influência muito calma, uma imagem muito calma“, disse Peter York, co-autor do The Official Sloane Ranger Handbook. A família real é imaculada na maneira como une as pessoas por estar acima da política básica. Eles são terrivelmente importantes simbolicamente.

Muito parecido com a Rainha,que entregou ativamente muitos de seus deveres para a realeza mais jovem nos últimos anos, Kate é uma constante. No que é uma conquista notável na era das mídias sociais, ela mal fez um passo em falso desde que se tornou mundialmente famosa como estudante universitária em St. Andrews em 2002, e certamente não desde que se casou com a família real em 2011. Da diplomacia industrial e sorrisos brilhantes em turnês reais para o Canadá, Índia e Austrália para manter compromissos durante três gravidezes e um pouco milagrosamente mostrar seus bebês fora da ala Lindo do St. Mary’s Hospital poucas horas após o nascimento, Kate tem feito um trabalho confiável e consistente como uma real, uma referência não controversa para mulheres no Reino Unido e em todo o mundo que compartilharam seus marcos de vida ao lado dela – crescer, se casar, começar uma família, e tentando causar um impacto em sua comunidade. . . tudo enquanto re-vestindo a mesma roupa de vez em quando.

Ela é alguém que é muito sério em criar seus filhos e fazer a coisa certa e apropriada“, disse Kelley. “William e Kate, em muitos aspectos, representam a estabilidade, o avanço, de uma maneira muito tranquila e metódica”.

E em sua presença consistente e cada vez mais confiante, Kate parece estar se preparando para o papel que desempenhará nas próximas décadas. “Se você olhar para a Rainha Elizabeth, ela tem essa força sem realmente dizer muito, que manteve este país unido através de algumas das mais ferozes guerras e tempos que enfrentamos”, disse Scobie. “Eu acho que Kate tem a capacidade de fazer o mesmo.

FONTE: Vanity Fair
Tradução & Adaptação: Equipe Kate Middleton Brasil
Publicado por: yasmin
24 out 2018

A Duquesa de Cambridge brilhou em uma tiara de diamantes que pertenceu à princesa Diana quando chegou para o banquete de Estado no Palácio de Buckingham ontem.

Kate se juntou ao Príncipe William e outros membros da realeza seniors para o luxuoso jantar oferecido em homenagem ao Rei Willem-Alexander e à Rainha Maxima da Holanda.

A Duquesa de Cambridge escolheu um vestido de tafetá azul-cinza de seu estilista britânico favorito, Alexander McQueen. Ela também combinou o visual com a tiara Cambridge Lover’s Knot (originalmente encomendada pela Casa de Garrard) e brincos de pérola combinando, sendo que ambos eram um dos favoritos da Princesa Diana, embora seja supostamente tão pesados, que lhe causavam dor de cabeça.

O banquete marcou a primeira vez em que a Duquesa de Cambridge foi fotografada usando a Ordem da Família Real da Rainha Elizabeth II.

A honra é concedida por Sua Majestade a membros femininos da Família Real e é usada em ocasiões formais, como banquetes de Estado e a recepção diplomática anual no Palácio de Buckingham.

A ordem, que também é usada pela Duquesa da Cornualha, a Princesa Anne e a Condessa de Wessex, apresenta uma imagem encapuzada de uma jóia da Rainha presa em uma fita amarela e usada no ombro esquerdo.

O retrato em miniatura, pintado em vidro, retrata a Rainha como uma jovem mulher em um vestido de noite usando a fita e a estrela da Order of the Garter A imagem é marcada por diamantes e encimada por uma coroa Tudor em diamantes e esmalte vermelho. Seu reverso, em prata-dourada, é padronizado com raios e retrata a cifra real e a coroa de São Eduardo em ouro.

 A Duquesa de Cambridge não usou a ordem no último banquete de Estado que esteve, durante a visita do Rei Felipe e da Rainha Letizia da Espanha, em junho de 2017.

No entanto, acredita-se que ela o tenha recebido em dezembro de 2017 e, portanto, teria usado a recepção diplomática naquele mês, embora não tenham surgido imagens completas da duquesa no evento.

Veja fotos:

Fonte: Daily Mail

Publicado por: carolina