Seja bem-vindo ao Kate Middleton Brasil, sua maior fonte em português sobre a Duquesa de Cambridge. Casada com o Príncipe William, 2º na linha de sucessão ao trono britânico, Kate é uma das mulheres mais acompanhadas e admiradas no mundo. Aqui você irá encontrar as últimas notícias, um acervo com +45.000 fotos, além de documentários e mais.
23 maio 2019

Usando um vestido de Alessandra Rich, que custa em torno de 1.750 libras (Kate usou esse mesmo vestido para as fotos do aniversário do Príncipe Charles), a Duquesa de Cambridge visitou na terça-feira (14/05) o Bletchley Park. Ao chegar ela conversou animada com alguns jovens que aguardavam na entrada do prédio antes de entrar.

O motivo da visita é o início das comemorações dos 75 anos do Dia D (6 de junho de 1944, dia do desembarque das tropas Aliadas na Normandia). Bletchley Park Teleprinter Building funcionou como um posto de escuta secreto do Reino Unido durante a Segunda Guerra Mundial, foi o local onde inúmeras mensagens de inimigos foram interceptadas e onde trabalhava uma equipe que usava uma sofisticada técnica de descodificação para extrair informações dos inimigos. Nessa brilhante equipe estava a avó da duquesa Valerie Glassborow e sua irmã gêmea Mary.  Atualmente o prédio contém uma exposição especial Dia D: Interceptação, Inteligência, Invasão. Que inclui um filme imersivo, baseado em material recentemente divulgado, que mostra como o esforço de inteligência coordenado em Bletchley Park ajudou especificamente no sucesso dos desembarques do Dia D na Normandia. Além de um simulador, onde estudantes que visitam o local podem se tornar descodificadores de mensagens secretas.

Durante sua visita, Kate conversou com veteranos que trabalharam no Bletchley com sua avó, assistiu ao filme da exposição, participou do simulador e também conversou com a equipe responsável pela conservação e restauração do prédio. A Duquesa já esteve em Bletchley em 2014 quando a restauração do prédio foi iniciada.

Veja as fotos na galeria:

Publicado por: Amanda Gramazio
15 maio 2019

Na última semana os Duques de Cambridge e os Duques de Sussex anunciaram a criação de mais um projeto da The Royal Foundation. O programa intitulado, Shout (“grito”) tem como finalidade ajudar milhares de pessoas que sofrem com a depressão e outros transtornos mentais.

A iniciativa faz parte dos projetos da Heads Together, instituição criada pela Duquesa de Cambridge, o Príncipe William e seu cunhado, o Príncipe Harry. Mais tarde, após o seu casamento, Meghan Markle também se juntou aos trabalhos do trio.

De acordo com o comunicado feito nas redes sociais oficiais dos palácios, os Duques estão em busca de voluntários que possam ajudar no trabalho. Ficou interessado?! Então saiba mais sobre o objetivo do programa.

O Shout nada mais é do que uma rede de troca de mensagens de textos criada para  atender  pessoas, em crise sendo possível conectá-las no trabalho, na escola, no ônibus ou em qualquer outro lugar e, assim, salvar vidas.

O intuito é oferecer um meio instantâneo para escutar, aconselhar e aliviar o medo daqueles que entrarem em contato com o serviço, procurando um espaço para desabafar.

Ainda segundo o comunicado, Kate, William, Harry e Meghan disseram estar “incrivelmente entusiasmados por lançar este serviço, sabendo do potencial para chegar em milhares de pessoas vulneráveis todos os dias”.

 

Publicado por: Amanda Zanachi
14 maio 2019

Há alguns meses foi noticiado que a Duquesa de Cambridge estava trabalhando em um projeto de jardim para participar do Chelsea Flower Show, um festival de jardins realizado anualmente pela Royal Horticultural Society (RHS) em Chelsea, Londres. Por mais de 200 anos, a RHS, que é a instituição de caridade de jardinagem do Reino Unido, tem defendido o poder da jardinagem e cultivo de plantas para o meio ambiente e para a saúde e o bem-estar de pessoas de todas as idades e origens.

Nesta última segunda-feira, o Palácio liberou mais algumas fotos da Duquesa de Cambridge, tiradas durante o planejamento do projeto em fevereiro. O nome oficial do jardim é The RHS Back to Nature (O Retorno à Natureza RHS, em tradução livre).

O objetivo do projeto da Duquesa é destacar os benefícios do ar livre e inspirar crianças, famílias e comunidades para voltar para a natureza. A Duquesa de Cambridge se juntou ao Royal Horticultural Society e aos famosos arquitetos paisagistas Andree Davies e Adam White para realizar o jardim.

O jardim se baseia na paixão de Kate pelo ar livre e pelos benefícios que a natureza têm na saúde física e mental. A Duquesa é uma forte defensora do impacto positivo que a natureza e o ambiente podem ter no desenvolvimento infantil, demonstrado por seu apoio de longa data a organizações, como escoteiros e Farms for City Children.

Baseado em uma floresta, o jardim busca recapturar para adultos a sensação de maravilha e magia que desfrutavam quando crianças, além de estimular a excitação e a paixão pela natureza nas futuras gerações. Plantas silvestres e materiais naturais foram usados ​​para recriar uma floresta, onde crianças e adultos podem se sentir mais perto do ar livre.

O site oficial do Chelsea Flower Show descreve o jardim da seguinte maneira:

A casa da árvore, a peça central do jardim, é construída a partir de uma bela árvore com uma plataforma alta coberta de chifre de carvalho. Um assento de balanço pendurado nos galhos, criando um lugar para as crianças e famílias brincarem juntas. Uma cachoeira e um córrego oferecem lugares para remar, relaxar e construir represas, enquanto um tronco oco apresenta um desafio de aprender a se equilibrar e a subir.

Árvores silvestres e arbustos e uma paleta de cores frescas e calmas de verde e azul fazem deste jardim um espaço relaxante, enquanto o plantio inclui produtos comestíveis, plantas para atividades artesanais, alimentos para a vida selvagem e néctar para atrair polinizadores. Um caminho lúdico cercado de belas texturas de folhagem é tecido através do jardim, em torno das pedras e trampolins.

O Chelsea Flower Show ocorrerá na semana que vem, dos dias 21 a 25 de maio, em Chelsea, Londres.

Publicado por: Carolina Moreira
10 maio 2019

O Duque e a Duquesa de Cambridge retornaram à sua antiga casa de Anglesey para vários compromissos hoje.

O lugar é onde eles compartilharam sua primeira casa juntos – uma casa alugada de quatro quartos – na Ilha por três anos antes e depois de se casarem. Meses depois do casamento real, Kate disse: “Eu amo a nossa vida em Anglesey. É muito bom estar ao ar livre e longe da cidade. Tanto quanto eu amo Londres, é bom fugir“. Quando o casal deixou a casa, William disse que voltariam “de novo e de novo“.

Durante seu período no País de Gales, William trabalhou como piloto de Busca e Resgate na RAF Valley. Foi especial retornar hoje para ver a nova base – Base de Helicópteros de Busca e Resgate da Guarda Costeira de Caernarfon – e para acompanhar os rostos familiares de seu tempo lá.

Mais do Daily Mail:

‘William disse à sua antiga equipe que ele sentia falta do seu antigo emprego, que envolvia missões de resgate em todos os tipos de clima e terreno. O homem do helicóptero da Guarda Costeira Paul Jones e sua esposa Gemma estavam com o filho deles, Finlay, 12, e Alex, de nove anos, que eram bem mais jovens na última vez que Kate e William os viram. O Sr. Jones disse: ‘É lindo vê-lo, trabalhamos muito de perto por três anos e depois ele se mudou. Era como se ele nunca tivesse estado fora.

William e Kate viram os novos helicópteros Sikorsky S92 da Guarda Costeira.

A partir daí, eles se juntaram a alguns dos ex-colegas de William e funcionários da Air Ambulance de Gales para discutir os desafios de saúde mental com os quais os socorristas lidam diariamente.

O seu próximo porto de escala foi o Halen Môn Anglesey Sea Salt, uma empresa local próspera que opera há mais de duas décadas e venceu o Prêmio da Rainha pela Sustentabilidade em 2017.

Eles viram o processo de produção de sal desde a colheita manual até a embalagem e discutiram o envolvimento da empresa em iniciativas locais.

Finalmente, era hora de um compromisso embargado em Newborough Beach.

O casal se juntou aos Escoteiros da Ponte Menai para explorar o habitat da vida selvagem de Newborough Beach e aprender mais sobre como aninhar colônias de aves na área.

O palácio disse: “A Duquesa já se voluntariou com os escoteiros durante seu tempo em Anglesey, e durante a visita ouviu como os escoteiros estão trabalhando em estreita colaboração com organizações locais e escolas para proteger o habitat natural da região.

Anglesey tornou-se o primeiro condado do Reino Unido a receber o estatuto de Plastic Free Communities pelo grupo, em reconhecimento do seu fantástico trabalho para reduzir o impacto do plástico de uso único no ambiente através da campanha ‘Plastic Free Anglesey‘.

Finalmente, eles se juntaram aos alunos para uma limpeza na praia.

Para os primeiros compromissos Kate optou por usar seu blazer vermelho da Philosophy e botas Aquatalia. Depois fez uma rápida troca para jaqueta azul marinho Troy London e botas Penelope Chilvers (o único novo item foi  a jaqueta azul).

Veja as fotos na galeria:

Publicado por: Yasmin Souza
10 maio 2019

O Duque e a Duquesa de Cambridge visitaram o Cutty Sark na tarde de 07 de Maio para o lançamento da The King’s Cup, uma regata inaugural que acontecerá no dia 9 de agosto. O evento anual de vela mostrará William e Kate frente a frente como capitães em apoio a oito de seus patrocínios.

As instituições de caridade escolhidas por William que serão beneficiadas são a Child Bereavement UK, Centrepoint, a Campanha de 30 Anos de Caridade da Ambulância Aérea de Londres e a Tusk. Kate apoiará o Action on Addiction, o Place2Be, o Centro Nacional Anna Freud para Crianças e Famílias e a The Royal Foundation em conexão com o seu trabalho em Early Years

O Duque e a Duquesa são fortes defensores do esporte, e realizaram trabalho tanto no Reino Unido quanto no exterior para destacar o impacto positivo que o esporte pode ter no indivíduo e nas comunidades locais. A Duquesa em particular defende como os benefícios do esporte, a natureza e o ar livre podem impactar o desenvolvimento infantil e levar a um melhor bem-estar físico e mental para todos. Espera-se que a The King’s Cup torne-se um evento anual, aumentando a consciência dos benefícios do esporte, apoio e fundos para as causas que o Duque e a Duquesa apoiam.
A equipe vencedora receberá a The King’s Cup, apresentada pela primeira vez pelo Rei George V no Royal Yacht Squadron de Cowes em 1920.
Após a chegada de William e Kate, falaram muito rapidamente sobre a chegada do Baby Sussex. William disse: “Obviamente, emocionado, absolutamente emocionado, e ansioso para vê-los nos próximos dias, quando as coisas se acalmaram. Estou muito satisfeito e feliz em receber meu próprio irmão na sociedade de privação de sono que é pais“.
Kate acrescentou: “É um momento tão especial, obviamente com Louis e Charlotte tendo apenas seus aniversários, é uma ótima época do ano ter um bebê. A primavera está no ar. Como William disse, estamos ansiosos para conhecê-lo e encontrar O que o nome dele vai ser. É realmente excitante para ambos e desejando-lhes tudo de melhor. As próximas semanas são sempre um pouco assustadoras, é a primeira vez, então desejamos a elas tudo de bom
Para lançar a regata, o casal se juntou às crianças de suas instituições de caridade escolhidas, ao participarem de uma corrida de vela simulada.
O Palácio continuou: “A King’s Cup, que está sendo patrocinada pela Land Rover, acontecerá antes da Lendy Cowes Week. Membros do público podem assistir a corrida do SailGP Race Village ao longo da Cowes foreshore, que é de acesso gratuito e incluem uma arquibancada de 800 lugares, e filmagens da corrida serão exibidas nas telas da cidade e haverá várias atividades e exposições para a família para promover a navegação ao redor do evento, incluindo iniciativas e programas para crianças e jovens.
Para o evento Kate escolheu sua blusa listrada da marca sueca Arket, calças LK Bennett, sua bolsa vermelha e sapatos por Emmy London.

Veja as fotos na galeria:

Publicado por: Yasmin Souza